Impotência Sexual ou Disfunção Erétil? Saiba Tudo Aqui

A impotência sexual é um assunto bastante comentado, especialmente entre os homens, visto que é um problema bastante comum. Contudo, quando se fala em disfunção erétil, a coisa já fica um pouco mais séria e muita gente já se assusta.

O que a maioria nem imagina é que não há nenhuma diferença entre ambas as condições, ou seja, são apenas dois nomes distintos para um mesmo problema.

Acontece que, independentemente do nome que tenha essa doença, ela precisa ser tratada corretamente para evitar a perda da qualidade de vida do indivíduo.

Então, vamos entender mais sobre o assunto e como encarar esse problema da maneira correta.

O que é a disfunção erétil

A disfunção erétil, que também é bastante conhecida como impotência sexual, é uma condição na qual o indivíduo apresenta uma dificuldade ou impossibilidade de manter uma ereção que seja suficiente para a penetração vaginal e para que haja satisfação sexual.

O diagnóstico de impotência se dá considerando uma série de fatores. Contudo, um dos principais pontos é quando essa dificuldade de ereção acontece em, pelo menos, 50% das tentativas.

Segundo ao dados da Sociedade Brasileira de Urologia, a SBU, metade dos brasileiros acima de 40 anos de idade apresentam algum tipo de queixa em relação a dificuldades de ereção.

Um outros estudos realizados nos Estados Unidos, foi constatado que 52% dos mais de 1200 homens analisados tinham algum nível de disfunção, dos quais 10% apresentavam uma ausência total de ereção.

E se você tem dificuldades de ter ereção, saiba que o Max plus oil funciona mesmo para quem já tem uma idade avançada, ele é um óleo que ajudar nas ereções.

Sintomas da impotência sexual

Muita gente acredita que a impotência sexual é um processo fisiológico natural que acontece apenas com idosos, mas isso é um grande engano. A falta de ereção pode afetar até mesmo jovens que estão no começo da sua vida sexual.

Por isso, seja qual for a idade, é essencial ficar atento a esses sintomas:

  • Durante a ereção, o pênis já não fica mais totalmente rígido
  • Incapacidade de conseguir uma ereção ou de mantê-la
  • Diminuição da quantidade de pelos corporais
  • Ausência ou atrofia dos testículos
  • Deformação peniana
  • Neuropatias, como problemas do sistema nervoso
  • Doença vascular periférica, que leva ao endurecimento e estreitamento das artérias que transportam o sangue para o corpo, incluindo a região pélvica

Vale lembrar que as causas para o desenvolvimento da impotência sexual podem variar bastante e até mesmo problemas psicológicos e emocionais têm influência nesses casos.

Seja qual for a situação, procure tratamentos que possam ajudar a melhorar o problema e recuperar a qualidade de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *